sábado, 26 de março de 2011

MOMENTOS E PAISAGENS EM ISRAEL( TERRA SANTA)...

quinta-feira, 24 de março de 2011



OS DESCAMINHOS DO ALCOÓLATRA
(ABRA O OLHO)

Para o alcoólatra(ébrio)
Segredos nem pode pensar.
Ele nunca cumpre
Com sua palavra dada
Vira e mexe abandona o lar
E despreza a família amada...

O alcoólatra perde equilíbrio
Nas horas de bebedeiras
Perde a vergonha e a saúde
Perde até as estribeiras
Maltrata a esposa e os filhos
E vive marcando bobeira...

O alcoólatra é mal visto
É ridicularizado por toda a sociedade
Vive envolvido em rolos
As vezes comete atrocidades
E está sempre aprontando
Diversos tipos de vulgaridades...

Em tempo...

Compreendo e sei das dores
Dos lamentos, das tristezas e dos suplícios...
Mais tenho que opinar e salientar
Que o alcoolismo é um vício
E quando o alcoólatra passa por tratamentos
A sua vida tem um novo recomeço, tem um novo reinício...



AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008
















SEU SORRISO


Sou feliz...

Porque fui agraciado por Deus
Que me deu a oportunidade
De poder apreciar
O seu sorriso...
Talvez o destino
Possa até mudar a rota
Mas, a verdade
deve ser dita...
O seu sorriso traduz
A felicidade que eu tanto quero e preciso...


AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008




CORPO SAUDÁVEL, ALMA LIMPA



Caro amo e leitor:

Se sua vida é uma droga
viva com intensidade
Para que a droga da sua vida
se transforme numa vida de verdade...

Lembre-se:

A droga da sua vida
poderá te presentear
com saúde, amor e sorte...
Porém, a vida das drogas
só te levará a dois lugares
um é o fundo do poço
e o outro é a morte...

Portanto:

Fuja das drogas
como o diabo foge da cruz
e se entregue de corpo e alma
as obras do Senhor Jesus...

Acorde para vida, fique atento
porque se droga realmente fosse bom
certamente não se chamaria droga...


AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http//inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008





















VONTADE DE VOCÊ

De vento em polpa
Sobre a penumbra da luz do luar...
Brindávamos à vontade
Com vinhos de uma safra especial...
Lá estávamos nós
Eu... O amor... A saudade...

Após um cálice, outro cálice a mais
Imensamente transbordante de desejos
E uma vontade irresistível
De te afagar, te cobrir de beijos
Antes mesmo de me apagar e dormir
Sem ao menos consumir
O último cálice de vinho
Vindo de uma safra especial...

Presunçosamente até esqueço de mim
Porque estou a merc^do seu querer...
Princesa, atropele-se em seu orgulho
E deixe o clima favorecer...
Deixe-me te fazer um cafuné
E me deliciar no seu prazer...





AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo - Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008
















sábado, 12 de março de 2011




FAÇA DIFERENTE

Faça diferente,
a arte de amar e perdoar
é o que deve comandar
o coração...
Quando alguém
atirar-lhes
uma pedra,
estenda a sua mão
e der-lhe o perdão...

A arte de amar e perdoar
é o único caminho
que nos leva a Deus...
Abra o seu coração
e responda sempre com o perdão...



AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008








MINHA DEUSA DO AMOR


Tu és a minha linda e bela flor!
És tu a minha deusa do amor!

Tu és o meu enredo, meu mistério
És tu meu encanto, minha querida...
Se um dia eu te perder
O que eu farei da vida?...
Desatinarei, desandarei
Sem destino ficarei
E vagarei sem ter guarida...

Tu és o meu supra-sumo
Extraído das mais belas maçãs...
És tu uma linda noite de luar
Tu és o pronúncio do amanhã...
És tu o meu encanto, minha doce magia
Tu és o sol que me radia
És tu o meu mascote, o meu talismã...

Tu és a minha fada madrinha
És tu o meu céu, tu és a dona do meu ser...
És tu a minha musa inspiradora
Tu és o meu eterno bem-querer...
És tu o meu elixir, o meu remédio
Tu és aquela que absorve o meu tédio
És tu a verdadeira a razão do meu viver...



AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008









quinta-feira, 3 de março de 2011




A CADELINHA MIMOSA

Martins, esse é o seu nome, nasceu em um pequeno vilarejo do sertão de
Alagoas. Pequeno agricultor, trabalhador da roça e um pescador dos bons.
Tirava da terra o seu sustento da roça e com muito empenho e esforço conseguiu
fazer uma boa poupança. Mas, como dizem; Alegria de pobre dura pouco
e não demorou muito para a seca chegar. Preparava a terra com carinho e chuva
tão desejada não chegava.
Martins viu toda as suas plantações serem devastadas e não tendo mais a
quem recorrer tomou uma decisão difícil, decidiu partir do seu torrão e
rumou para São Paulo. Queria no mínimo tentar a sorte e uma nova vida.
Sabia ele que não era nada fácil, porque além de não conhecer a cidade
grande, ele também era analfabeto, não sabia ler e muito menos escrever,
pouco frequentou escolas. Contudo: Decidida e corajosamente arrumou as suas
malas e dentro de um caixote de madeira agasalhou sua cadelinha mimosa e
subiu com ela num caminhão, (o famoso pau-de-arara). Depois de longos e
tortuosos dias de viagem, desembarcaram na rodoviária da luz. Martins e sua
cadelinha mimosa.
Na estação da luz, como é conhecida atualmente, Martins ficou mais perdido
do que cego em tiroteio, não sabia para onde ir e nem conhecia ninguém que
pudesse ajudá-los. Fascinado com os grandes aranha-céus(edifícios), ele ficou
apreciando a paisagem, quando do nada deu de cara com um homem alto e
bem musculoso, um verdadeiro bruta monte que preparava um golpe e Martins
começou a puxar conversa com o mesmo. Papo vai e papo vem e aquele homem
se apresentou, se dizendo ser dono de uma pensão e que logo lhe arrumaria um
emprego.
Pegou a mala de Martins para levar e pediu que o acompanhasse, passando por
entre becos e ruelas o homem rapidamente desapareceu. Ele só não se deu conta
que a cadelinha mimosa não saía do seu encalço por nem um segundo. O homem
entrou em velho casarão e a cadelinha mimosa deitou ali na porta e lá ficou sem
ser percebida. Enquanto isso martins ainda atônito e atarantado; Perdido, sem
rumo, lenço e sem documentos se deu conta que havia caído em um golpe, e já sem
esperança procurou um policial e contou em prantos todo o ocorrido, onde deixava
claro que sentia muito mais a falta da sua cadelinha mimosa do que dos seus próprios
pertences.
Acompanhado pelo policial, a quatro quadras dali, estava cadelinha mimosa
que saltitante foi imediatamente ao encontro de Martins e latia com insistência
apontando para a entrada do antigo casarão. Os policiais tocaram a campainha
uma senhora veio atender e quando a porta foi aberta mimosa não perdeu tempo
e porta adentro foi a caça do homem que roubou a mala do seu dono Martins.
Mimosa partiu para cima do homem rasgando-a com unhas e dentes. Ao ser
atacado pela mimosa, o ladrão saiu correndo porta afora e acabou
dando de cara com o policial. Ao ser abordado, logo foi reconhecido por Martins.
Ao revistarem o prédio, em um dos ambientes estava a mala toda revirada e o homem
foi preso em uma delegacia. Martins arrumou um ótimo emprego e se deu bem na vida.
Moral da história: Não confie em qualquer um...
E saiba, que mais vale um cachorro amigo, do que um desconhecido cachorro...



AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008




FUNDO DO POÇO
(Fundamentado no poema: Bicho, de Manuel Bandeira)


Meu Deus do céu, eu vi
Com muita dor no coração
Vi um animal cabisbaixo
No meio de um lixão
Não era urubu, nem rato
Não era porco, nem cão...

Pasmem!!!

Vi que o voraz animal
Remexia todo o lixão
E catava entre os detritos
Restos de alimentação
E tudo o que encontrava
ali mesmo devorava
Como fonte de nutrição...

Essa situação deprimente
É o verdadeiro fundo do poço
Isso me causou estranheza
E me provocou alvoroço
Porque o animal do lixão
Era um homem em carne e osso...


AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS ARTES: www.youtube.com/manoalves2008
























EXISTE UM SER SUPERIOR


Na luz do sol, na suave brisa do vento
No sulco da terra, na beleza do luar
Na nuvem que passa, na chuva que cai
Tudo isso me leva a acreditar
Nesse imenso universo existe um ser superior...

No oxigênio, no ar que eu respiro
Na onda que vai e vem em alto mar
No pico da neblina, nas densas florestas
Tudo isso me leva a acreditar
Nesse imenso planeta existe um ser superior...

No rio caudaloso que ao longe forma cascatas
No pássaro formoso que se põe a voar
No surgimento de novos planetas e estrelas
Tudo isso me leva a acreditar
Nesse imenso universo existe um ser superior...

No tempo que não para, nas especies animais
No sorriso da criança que brinca sem parar
Na pombinha branca mensageira da paz
Tudo isso me leva a creditar
Nesse imenso planeta existe um ser superior...

Nas divergências, nos conflitos, nas guerras
Nas bombas atômicas, que chegam a preocupar
Que até hoje assusta Hiroshima e Nagasaki
Tudo isso me leva a acreditar
Que o homem evolui e inventa sem parar
Contudo: Não tomou a consciência
Que nesse imenso planeta existe um ser superior...

Acredite...
Jesus Cristo é o caminho, é a ponte, é a fonte da vida
E tudo
O que existe na vida, se resume pura e tão somente na própria vida...


AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil
MEU BLOG: http://inkdesignerstampas.blogspot.com
MINHAS OBRAS DE ARTES: www.youtube.com/manoalves2008