quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O CHORO JAMAIS CHORADO



Ó, choro que jamais chorei

e que fostes para rios caudalosos

porque me deixaste tão distante?

Se és que poderias ter lavado meu espírito

e apagado totalmente a minha egolatria...


Entretanto: vejo um povo que chora

que pede e implora

vamos mudar essa realidade?

Esse povo anda confuso

para que viver de maldade?

É muita miséria, incoerência

trapaças, crueldades, violência...

É um horror, dá medo, é um terror

realmente assusta, é muita promiscuidade...


Ó, choro que jamais que chorei, voltai para valer

retornai para o fundo da minha intimidade

e fazei com que eu nunca seja um covarde

porque a vida foi feita para ser vivida com

paz e amor, respeito mútuo e amizade de verdade...



AUTOR: Manoel Carlos Alves - São Paulo = Brasil

MEU BLOG/SITE: http://inkdesignerstampas.blogspot.com

MINHAS OBRAS DE ARTES: www.youtube.com/manoalves2008










Nenhum comentário:

Postar um comentário